sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Recurso de orientação das seções transversais das barras


Prezados,

Inserido na caixa de diálogo de gerenciamento de perfis, o recurso para definição da orientação das seções tranversais das barras. Este recurso é importante tanto para a análise quanto para o posterior dimensionamento da estrutura.

É sabido, desde a época de Hardy Cross, que a variação de rigidez flexional entre as barras altera a distribuição de esforços, deslocamentos e as reações de apoio da estrutura. O dimensionamento, além da rigidez flexional, a orientação dos perfis é fundamental para determinação dos módulos de resistência de seções flexionadas em torno do seu eixo de assimetria.

Abaixo apresento um simples exemplo de como podemos utilizar este recurso no Trame 4.0

Considere 2 vigas contínuas utilizando o mesmo perfil I148x13.05, sendo que no tramo em destaque da viga inferior a seção foi orientada com uma rotação de -90º. É importante frisar que a barra em destaque foi desenhada na camada nº1, a quem foi atribuído um mesmo perfil, porém com diferente orientação.

As diferenças entre as rotações de -90º e + 90º serão percebidas apenas nas etapas de dimensionamento.


 Visualizando o número das barras (Ctrl+B) e lendo os dados das barras na janela de análise, podemos identificar um diferente valor de Iz (momento de inércia) para a barra nº2.


Após a análise verifica-se na comparação das duas vigas, as diferenças nos valores de momento fletor. Estas variações são compatíveis com a redução da rigidez flexional atribuída à barra nº2. 


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Grade - Novo recurso para desenho modulado

Prezados,

Visando facilitar ainda mais o desenho da estrutura, foi incluso no Trame 4.0 o recurso de desenho sobre grade, cujos módulos são definidos na caixa de configuração conforme figura abaixo.


Veja abaixo o vídeo que exemplifica o uso deste novo recurso.


Consulte no post anterior o link para download do programa.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Software Trame 4.0: Peso Próprio e Combinações de Esforços

Software Trame 4.0: Peso Próprio e Combinações de Esforços:  Prezados amigos do TRAME 4.0, Já está disponível no Google drive a versão mais recente do TRAME 4.0 que apresenta as seguintes melhorias:...

Peso Próprio e Combinações de Esforços

 Prezados amigos do TRAME 4.0,

Já está disponível no Google drive a versão mais recente do TRAME 4.0 que apresenta as seguintes melhorias:

  • Consideração do peso próprio da estrutura como uma carga global uniformemente distribuída nas barras, podendo o usuário definir, além do aço, materiais como concreto, madeira, etc., para os perfis disponíveis;
  • Análise, representação numérica e gráfica das combinações de esforços definidos pelo usuário, com capacidade de se trabalhar com até 30 combinações;
  • Melhoria na representação do diagrama de esforços normais, em que a hachura estava fora de escala;
  • Pequenas melhorias gerais de operação.
 Abaixo algumas imagens do exemplo de pórtico cujos arquivos, tanto do Trame como do Ftool, estão disponíveis no pacote executável que pode ser obtido via Google Drive. Assim que possível publicarei um exemplo de comparação de resultados com o programa STRAP, por possuir recursos de combinações de esforços não disponíveis no Ftool.

    Representação do peso próprio das barras como cargas distribuídas globais


    Melhorias no diagrama de esforço normal

    Aba de resultados na qual foi definido um padrão de cores para distinguir resultados de casos e de combinações de carregamentos.


 Gerenciador de combinações de esforços

Após a análise da estrutura é possível visualizar os diagramas de combinações de esforços definidos pelo usuário.

Para obter os arquivos do programa no Google Drive (ou Google Disco), basta clicar nos links e no menu "File" (ou "Arquivo" se estiver traduzido) e clicar na opção de Download (Ctrl+S) conforme figura abaixo.



Segue os Links de acesso aos arquivos via Google Drive.

Acessar a pasta de arquivos do Trame 4.0


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Melhorias de Carnaval


Prezados amigos,

O Carnaval já passou mas o desenvolvimento do TRAME 4.0 continua a todo vapor.
Abaixo destaco as novidades implementadas.

1) O comando Apagar agora é de múltipla função. No modo CAD ele remove as barras selecionadas ou as restrições de apoio do nó selecionado. Nos modos de carregamento, para barras e nós selecionados,  ele remove as cargas distribuídas das barras selecionadas (sistemas local e global) e as cargas concentradas da seleção.


2) Adicionada uma calculadora do coeficiente de modificação Kmod da madeira de acordo com a NBR 7190/1997 para auxilio na determinação do módulo efetivo de elasticidade utilizado na análise estática. Mesmo o programa não sendo focado na disciplina de estruturas de madeira, este é um importante recurso para análises comparativas entre ambos os materiais, ao mesmo tempo que torna TRAME 4.0 mais atrativo para uso nas escolas.



3) Corrigido problema do duplo clique como atalho de visualização das propriedades dos perfis metálicos de eixo maciço, circular e retangular recentemente adicionados ao gerenciador.


4) Liberada a opção de se atribuir cargas globais distribuídas sobre as barras da estruturas. Agora o programa é capaz de representar o diagrama de esforços normais considerando cargas distribuídas ao longo do eixo longitudinal das barras. No TRAME 4.0 foi adotada a estratégia de converter os carregamentos lançados no sistema global em cargas distribuídas locais equivalentes. Em função desta conversão foram testadas várias situações de orientação das barras. Abaixo apresentamos um exemplo cujos resultados foram comparados com o Ftool.

Assim como no Ftool, as cargas distribuídas aplicadas no sistema global, são representadas pela resultante das cargas aplicadas nas duas direções, X e Y. O valor da resultante depende, além das cargas, da inclinação da barra. Veja na figura abaixo a modelagem e dados do exemplo de uma viga bi-engastada.


 Diagrama de momentos fletores.




Diagrama de esforço normal distribuído ao longo do eixo longitudinal da barra prismática.


Diagrama de esforços cortantes.



Reações de apoio. 




Abaixo os resultados obtidos para a mesma estrutura no Ftool.







Ainda nesta semana, restinho de Carnaval para alguns, estarei disponibilizando estas e outras implementações  (ainda sendo minimamente testadas) antes de liberar para a avaliação dos usuários.

Atenciosamente

Paulo C. Ormonde